Minha Casa

Decoração, reforma e construção ao seu alcance!

Sou super preguiçosa com post temáticos.

Mas não poderia deixar de comentar sobre a Páscoa.

Por que é um dos feriados mais trabalhosos, estressantes e caros.

Com os ovos custando em torno de 30,00 dindin por 150 gramas... vamos todos ir a falência.

Isso sem contar os preços exorbitantes das decorações.

Não pense que eu sou diferente de você.

Vou sim decorar minha casa, modestamente, mas vou.

E sim, o filhote vai ganhar chocolate, como acontece todos os anos.

Mas combinamos em comum acordo em não comprar ovos "comerciais".

O Gabriel já entende que o "brinde" vai virar um trambolho.

E quando ele não entendia, comprava algo em uma loja de 1,99 do tema e fazia o ovo em casa.

Fazia um ovinho de 200 gramas, que sai em chocolate uns 4 reais + um brinde de 2 reais e com 6 reais contando a embalagem fazia o tal ovo do homem de ferro, do carros ou de qualquer coisa que ele estivesse interessado. kk

Este ano já compramos 1 kilo de chocolate (18 dindin) e resolvemos fazer em dupla (filhote+eu) na Sexta-feira Santa bombons para toda a família.

Ele ficou super animado.

Comprei saquinhos de coelho por 0,70 cada.

Lindinhos, vem com um mini pregador e não melam com os chocolates.

Vou colocar os mesmos 150 gramas de chocolate e vamos gastar uns 5 reais por pacotinho incluindo todos os custos adicionais.

E as mamães não vão ter que se preocupar com intoxicação por excesso de chocolate, nem com brinde trambolho.

Filhote feliz, priminhos felizes e bolso da mamãe que vos fala também.

Além do que vamos combinar que fazer nossos ovinhos é uma atividade que tem muito mais a ver com a ideia da Páscoa de renovação, paz e amor ao próximo.

No próximo post, como decorar a casa sem gastar e sem estresse.

Quer ver mais? Acessem http://simplificamenina.blogspot.com.br/

Exibições: 55

Comentar

Você precisa ser um membro de Minha Casa para adicionar comentários!

Entrar em Minha Casa

Assine já!

Facebook

Instagram

© 2018   Criado por TI Abril.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço